Studio Craft: fábrica de imaginação em papel

Se é possível imaginar, é possível fazer. Esse é o conceito da Studio Craft, que recorre ao design para criar, reciclar e resignificar materiais e objetos. O trabalho da dupla de publicitários Ronilton Costa, 28, e Fabio Nascimento, 43, é impactante. A partir de um pedaço de papel eles criam obras que atraem o olhar e cativam a imaginação, como as mãos inspiradas na genialidade de Michelângelo e as caveiras simpáticas com o colorido de Frida Kahlo.

A Craft foi a consequência natural dos inúmeros trabalhos e projetos desenvolvidos pelos sócios ao longo de anos de labuta em agências de publicidade. Se antes eram apenas criativos, agora precisam também se dedicar à gestão. “Agora estamos 100% no controle de nossas criações, o que por um lado é ótimo, pois podemos fazer exatamente aquilo que acreditamos ser relevante, mas por outro lado é desafiador, exigindo muito mais responsabilidade”, comenta Ronilton.

Ambos são diretores de arte e, nos últimos anos, trabalharam na construção de grandes marcas. Isso os ajudou a conquistar uma bela bagagem na área de comunicação visual. Mas o mais do mesmo enjoa mentes criativas e eles foram instigados a criar algo autoral e que transcendesse as criações que já faziam com os pés nas costas.

Da inquietação veio a ideia de apostar em um projeto inovador no qual a regra número um é a criação de coisas incríveis. “A Craft nada mais é do que a reunião de tudo aquilo que já fazíamos como um hobby, só que agora de uma maneira mais séria e com propósitos mais definidos”, explica Fabio.

As criações do Stúdio Craft são uma dica cool para presentear neste Natal e vai para o guia do Consumo Consciente. Desde a concepção até a finalização de cada peça, os sócios consideram os materiais utilizados para que todo resíduo possa ser reciclado. O carro-chefe da marca é o trabalho em papel, o papercraft [método de construção de objetos tridimensionais a partir de papel].

“Desde o início, nossa preocupação é buscar os melhores materiais para elevar a qualidade dos produtos”, comenta Ronilton. Mas sem abrir mão de elementos cruciais como certificações ambientais dos papeis e insumos que, na maior parte, são feitos de produtos naturais.

No estúdio dos meninos o desperdício de materiais é evitado ao máximo. Toda sobra de papel, por exemplo, eles reutilizam para fazer outros produtos como embalagens, cartões de visitas e detalhes de outras obras. “Estamos sempre em busca de novas soluções para tornar o nosso processo de produção o mais sustentável e inteligente possível”, afirma Fabio.

O modo de produção da Craft é totalmente artesanal. “Tudo que fornecemos, nós mesmos produzimos, desde as peças finais, incluindo as embalagens, até o material de divulgação. Inclusive nossas ferramentas, muitas vezes, somos nós mesmos que produzimos”, conta Ronilton. Os papéis são comprados de fornecedores que revendem produtos de indústrias certificadas. Os outros materiais são coletados por meio de reciclagem, como madeiras e garrafas.

Os objetos em 3D do estúdio nascem todos de um papel em branco e depois de horas de bate-papo. A dupla define o que será feito, inicia o rascunho e passa para a modelagem tridimensional. Aí vem a planificação da modelagem para o papel chapado, onde será montado todo o quebra-cabeça. “Nessa etapa, costumamos utilizar dois softwares, um para criar mapas 2D do objeto e outro para organizar o projeto e facilitar a montagem em si”, explica Fabio.

O estúdio faz diversos protótipos para corrigir detalhes e, com a peça finalizada, dá início à criação de embalagens e identidade visual do produto. “Procuramos sempre preencher todos os detalhes da melhor maneira possível para que os nossos clientes não comprem apenas um produto, mas uma experiência. Tudo é feito nos mínimos detalhes”, atesta Ronilton.

Em geral, a Craft faz coleções autorais, mas aceita encomendas de clientes. Eles adoram desafios. Sabe o que é muito legal? A dupla acredita que o design deve ser acessível a todos e os preços do estúdio são bem acessíveis. (Chance imperdível de ter uma peça moderna em casa, hein?).

As peças da Craft são vendidas em feiras independentes e pelo site da marca, além da página no Facebook.

Serviço

Studio Craft
www.studiocraft.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: