La Pimenteira: ardência orgânica e sustentável

La Pimenteira propõe uma nova visão sobre produtos locais. A marca de molhos de pimentas e afins atua pautada pelo profissionalismo, criatividade, seriedade e eficiência. A produção é fundamentada em métodos e processos para atender aos mais elevados padrões de qualidade e sustentabilidade de produtos diferenciados, deliciosos e…. ardidos. Muito ardidos.

Uma das sócias, a Priscila Ávila, há cerca de 10 anos plantou um pé de pimenta malagueta para espantar o mau-olhado. O cultivo despertou a paixão adormecida pelas artes culinárias e semeou uma adoração pelas pimentas. Ela encarou mais de 20 cursos na área de gastronomia e especializou-se em geleias e molhos de pimentas. Hoje, é uma Mestra Pimenteira reconhecida e respeitada pelo Brasil afora como uma das maiores especialistas da área.

“A La Pimenteria nasceu para revolucionar o mercado de molhos de pimenta e afins, com harmonizações de sabores únicos no mercado para agradar os mais exigentes paladares”, descreve Priscila.

Antes da La Pimenteira, a mestra em pimentas foi sócia-fundadora de uma empresa na área. Ela conseguiu casar as paixões por pimentas e por gastronomia e criou produtos que utilizavam as pimentas mais ardidas do mundo para desenvolver receitas revolucionárias de molhos de pimenta, geleias, conservas e temperos. Com isso, conquistou um merecido reconhecimento no mercado de Brasília e passou a estar presente nos principais restaurantes da alta gastronomia do Quadradinho.

Com a empresa anterior consolidada, Priscila quis dar uma repaginada, renovar a marca e sua imagem e reposicionar as delícias ardidas no mercado. “Apesar de muito conceituada entre os chefs e aficcionados por pimentas, a marca anterior não tinha o mesmo destaque e nem um meio para divulgar a qualidade para o público final”, recorda.

Eis que entrou na equação o novo sócio, Lucas Resende. Ele chegou para conferir diferencial ao produto e à sua história. A atuação dele tem como foco modernizar a empresa, tanto a imagem como os processos de producão, e agregar valor ao produto. Ele atua na área de gestão e tem como meta impulsionar as vendas on-line a partir da criação de uma página moderna a atraente e na atuação da marca nas redes sociais. “Estamos terminando de construir o site, que pretendemos que se torne nosso principal canal de vendas”, comenta Lucas.

A produção da La Pimenteira está em total sintonia com o Consumo Consciente. Na chácara em que são cultivadas as pimentas, localizada no Núcleo Rural Lago Oeste, o adubo utilizado no cultivo orgânico e sustentável vem da criação de bodes e galinhas do local.

Os produtos são encontrados em feiras de produtores orgânicos, eventos na área de gastronomia e restaurantes parceiros. “Estamos em constante contato com representantes de outros estados interessados em vender nossos produtos. Em 2017, nosso leque de distribuição será ampliado”, antecipa Lucas.

 

Deixe uma resposta