Contém/MimoBar: complexo de diversão centrado na sustentabilidade

O Contém/MimoBar nasceu ancorado na lógica do reuso ao adotar contêineres marítimos originários de Barbados [igual a Rihanna, tá?] como o centro do projeto. Depois de navegar pelo Mar do Caribe, as duas caixas de metal com 12m de comprimento, 2,5m de altura e 3,2m de largura desembarcaram no Quadradinho para abrigar viagens etílicas, gastronômicas e artísticas e com muita diversidade, respeito e sustentabilidade.

Os contêineres marítimos têm um limite de navegabilidade e quando alcançam prazo de validade para navegação são reutilizados para outros fins, como a engenharia civil, a arquitetura e o armazenamento. Na Contém/MimoBar, aportaram para proporcionar uma experiência multissensorial que valoriza pequenos empreendimentos criativos locais e ocupa o espaço urbano de forma criativa e democrática.

O projeto entrou em funcionamento em 13 de maio. Desde então, toda semana, de quarta-feira a domingo, o espaço virou uma sensação para o fim de tarde brasiliense. Um dos sócios dessa iniciativa é o DJ e publicitário Sandro Biondo, criador do badalado selo Mimosa. “Tenho orgulho de fazer parte de um coletivo que percebeu a vocação da nossa cidade para a ocupação inteligente do espaço urbano”, comenta.

A Mimosa abriu o trabalhos em 2012 e foi a primeira festa a percorrer diversos espaços de Brasília em reuniões durante o dia, para aproveitar o céu generoso e o incrível pôr-do-sol.

sandrobiondo“Tenho certeza que Lucio Costa aprovaria estas iniciativas de levar as pessoas para o convívio na rua, fora de shoppings e nenhuma delimitação de muros ou paredes.”
Sandro Biondo – Contém/MimoBar

Selo de garantia de diversão com diversidade, gente descolada e música de primeira, a Mimosa percorreu cartões postais de Brasília: Ermida Dom Bosco, gramado do Brasília Palace, CCBB, Castelinho do Parque da Cidade, fundos do Cine Brasília e na pracinha quase desconhecida em frente ao Conjunto Nacional que, aliás, se chama Praça Lucio Costa. “Meu orgulho é poder fazer esse traçado pelos locais impressos na memória afetiva do brasiliense. Sempre de graça e com preocupação com a música, o cenário e a ocupação saudável”, enfatiza Biondo.

Agora, o filhote Contém, que é a praça, e o MimoBar, o centro gerador de ações de tudo isso, é uma consequência desse trabalho, e seguirá esse DNA. “Criei o projeto para que ele seja itinerante e percorra a maior quantidade de espaços possível em Brasília”, conta.

O complexo Contém/MimoBar ocupa um terreno no Comércio Local da 105 Norte que estava vago e sem destino há mais de vinte anos. No início, a vizinhança estranhou quando o espaço foi cercado porque muitos achavam que era um estacionamento público. “É um espaço privado, como todos os demais blocos. Até o fim do ano vai subir um prédio ali”, informa Sandro.

Enquanto mais um bloco não é erguido, Sandro e os sócios alugaram o temporariamente o terreno, por cerca de três meses. Os vizinhos, que num primeiro momento acharam que tinham perdido um direito – na verdade, o privilégio de usar um terreno privado para fins públicos – passaram do estranhamento inicial a um acolhimento total. “Todo o comércio da quadra parece estar feliz com nossa passagem por lá, porque trouxemos uma movimentação para a quadra que não existia”, observa Sandro.

É o que confirma Marcelo Calil, que chefia a equipe do tradicional Pamonhão Kalu, negócio da família dele. Ele considera as ideias como o Contém/MimoBar excelentes para agitarem o cenário cultural e gastronômico da nossa cidade. “Todos lucram com esse tipo de projeto, além de trazer público, movimenta a economia da vizinhança em um espaço que estava desocupado há muito tempo”, comenta.

Calil reconhece que a iniciativa impactou de forma positiva o seu negócio, que já tem 44 anos de funcionamento (10 anos na 110 Sul e 34 anos na 105 Norte). O público que vai curtir o Contém/Mimo Bar acaba conhecendo o comércio local da 105 e 106 Norte.

marcelointernaAumentou a rotatividade de clientes no restaurante Pamonhão Kalú. Mesmo sendo um restaurante tradicional em Brasília, contamos com uma clientela que ainda não conhecia as delícias do nosso restaurante. Para a parceria com o Contém/Mimo Bar criamos um novo petisco que tem a ver com a proposta do projeto: dadinho de pamonha com geleia de pimenta.”
Marcelo Calil, Pamonhão Kalu

Semanalmente, o Contém/MimoBar recebe vários expositores e criou uma dinâmica que faz girar a roda da economia circular e local e é um espaço para empreendedores criativos. “Já tivemos encontro de pets, com diversos expositores do ramo; recebemos marcas de comidinhas, produções próprias de arte, design e fotografia e faremos sempre um evento de agregação comunitária. O próximo deles é uma feira vegana que vai tomar conta do terreno em algumas semanas”, antecipa Sandro.

O complexo do Contém/MimoBar é formado por um bar que ocupa um dos contêineres e outros seis expositores no outro. Tudo no projeto gira em torno da sustentabilidade e responsabilidade socioambiental. Como o incentivo ao reuso de copos que por ser um projeto na rua precisa trabalhar com embalagens descartáveis. Cada copo ou taça reutilizada pelo público ganha um desconto de R$2 a partir do segundo drinque. A ação ganhou o nome de ‘reuso ecológico’ no cardápio.

sandromimo“É como se a pessoa comprasse aquele copo ou taça no primeiro drinque para usar durante toda a experiência. Essa ação tem feito tanto sucesso, que já impactou o descarte em pelo menos 30%. O desconto é maior do que o valor do copo em si, mas a gente fica feliz por ajudar um pouquinho a se consumir menos.”
Sandro Biondo, Contém/MimoBar

Toda a montagem do espaço foi feita com materiais orgânicos, como as tendas de bambu, que são cobertas com tecido de algodão. As mesas, bistrôs, floreiras e tambores de lixo são barris de petróleo já fora de uso. “Compramos os barris e customizamos com a nossa cara, passando uma pintura, um estêncil com a marca do projeto e partindo alguns ao meio para servir de mesinha de apoio”, descreve Sandro.

Serviço

Contém / MimoBar
CLN 105 Norte, Bloco C
De quarta a domingo, 15h às 22h

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: