Moda Circular: repensar e redesenhar a forma de produzir

A Moda Circular consiste em repensar e redesenhar a forma de produzir o que vestimos. Propõe a concepção de produtos que possam ser projetados para a remanufatura e alimentar o sistema com energia renovável. Por exemplo, comprar peças usadas, alugar, compartilhar, consertar, reformar…

A economia circular, conceito no qual está inserida a moda circular, fundamenta-se, de acordo com o conceito adotado pela Ellen Macartur Foundation, entidade pioneira nesse debate, em três princípios.

Princípio 1: Preservar e aumentar o capital natural

Controlar estoques finitos e equilibrar os fluxos de recursos renováveis. Quando há necessidade de recursos, o sistema circular faz a seleção com sensatez e, sempre que possível, escolhe tecnologias e processos que utilizam recursos renováveis ou apresentam melhor desempenho.

Princípio 2: Otimizar a produção de recursos

Projetar para a remanufatura, a reforma e a reciclagem, de modo que componentes e materiais continuem circulando e contribuindo para a economia e prolongar a vida útil e intensificar a reutilização de produtos.

Princípio 3: Fomentar a eficácia do sistema


Reduzir danos a produtos e serviços de que os seres humanos precisam, como alimentos, mobilidade, habitação, educação, saúde, roupas e entretenimento, e a gestão de externalidades, como uso da terra, ar, água e poluição sonora, liberação de substâncias tóxicas e mudança climática.

Confira nesse vídeo como funciona a economia circular.

O Seminário Mercado Local da Moda Consciente, atividade da Semana Fashion Revolution Brasília em parceria com a Presidência da Câmara Legislativa do Distrito Federal, vai abordar o tema Moda Circular em um painel. No encerramento do evento, domingo, dia 29 de abril de 2018, a partir das 16h, será realizada uma Feira de Troca + Brechó  no MimoBar (em frente à Funarte).

Serviço

Acompanhe a programação da Semana Fashion Revolution – Brasília neste link: https://goo.gl/dvyHom

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: