Outfit Comuna: Carreta Furacão e moda ativista

2019-07-31-17.10.21
Capitão América da Carreta Furacão e a Comuna-Maravilha. Foto: Sérgio Lima/Poder360

No sexto Outfit Comuna | Moda & Política Cynara Menezes, editora do site Socialista Morena, usa figurino ativista para o Reaça & Comuna. Na 19ª edição do programa do Poder360, que ela apresenta semanalmente com Mario Rosa, o reaça offline, eles comentam as principais notícias da política nacional. O assunto central desse episódio foi a rajada de absurdos disparada por Jair Bolsonaro nos últimos dias.

Na segunda-feira, 29 de Julho, o presidente da República falou sobre a morte de Fernando Santa Cruz, pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Nacional), Felipe Santa Cruz, durante a ditadura. Na saída do Palácio da Alvorada, o mandatário do País disse que Felipe “não vai querer saber a verdade” sobre o desaparecimento do pai na ditadura militar. No mesmo dia, o presidente também declarou que não via “indícios fortes” de assassinato de um índio da etnia Waiãpi, no Amapá, no último sábado, 27 de Julho. Confira o episódio.

Outfit Carreta Furacão

Para defender o indefensável, o reaça offline apelou para o cosplay de Capitão América da Carreta Furacão. Rosa bem que tentou usar super poderes da cortina de fumaça para fugir do debate sobre os impropérios abomináveis de Bolsonaro. Mas nossa Comuna-Maravilha não deixou barato.

2019-07-31-17.10.27
Nossa Comuna-Maravilha não titubeou em combater a cortina de fumaça do Capitão América da Carreta Furacão. Foto: Sérgio Lima/Poder360

Diante do show de absurdos protagonizado pelo presidente e sua turma de adoradores de mamadeira de piroca, nem mesmo um time completo de super-heróis e cosplays é capaz de consolar um País estupefato.

Outfit Comuna

Cynara usa vestido da Molett, da Armária. As argolas, o colar e o anel são da Jana Fernandes Joalheria. As sandálias e a bolsa são da Fulanitas de Tal. As fotos são de Sérgio Lima/Poder360.

 

Jana Fernandes Joalheria

Cynara usa colar e anel da coleção Respeita, que traz joias identitárias, com prata e combinações de acrílico colorido. As argolas em prata também são da marca. Cada peça foi batizada em homenagem à comunidade LGBTQI+. Anel Bornay, Anel Gisberta, Colar Cassia, Colar Close, Colar Rogéria… A bandeira LGBT, vermelho, laranja, amarelo, verde, azul e violeta; a trans, azul e rosa e rosa e azul clarinhos; contra o feminicídio, laranja, amarelo e vermelho. Na divulgação, Jana propõe reflexões políticas. As argolas em prata também são da marca.

A criativa da marca, Jana Fernandes, se expressa politicamente pelas suas peças e acredita que não são meros adornos e podem significar pertencimento, identidade e representatividade. “A joalheria, assim como a moda e, principalmente, nossos corpos, são políticos”, escreveu no stories do seu Instagram em homenagem ao Dia do Orgulho LGBTQI+ (28 de junho). Espia quem usa peças da coleção Respeita: 

 

 

Armária

Cynara usa vestido  de malha listrada branco e cinza da Molett, da Armária, loja ativista, agênero e sustentável. Quem sai do armário, vai para a Armária. Roupas e acessórios de várias marcas escolhidas a dedo e a garantia de que a peça tem energia boa, pois os fornecedores são avaliados em toda a cadeia produtiva, da responsabilidade ambiental e social a condições de trabalho. Já escrevi sobre a loja, meu xodó. Aqui e aqui.

A Molett aposta na forma e funcionalidade de malhas e moletons e tem peças com identidade urbana, atual e versátil.

Fulanitas de Tal

Cynara usa sandálias verdes e bolsa em tecido da marca brasiliense e parceira do Outfit Comuna. A Fulanitas entrou no mercado na produção de calçados com uma pegada retrô, com destaque para o modelo boneca. Recentemente, passou a produzir peças de roupa, como o macacão usado por Cynara na primeira edição deste projeto.  A criativa da marca, Eunice Pinheiro, deu início a um projeto para reaproveitamento de resíduos da indústria calçadista para produção das peças. 

OutFit Comuna (logo)

Deixe uma resposta